terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Sobre Escrever...

Às vezes sinto uma vontade súbita de escrever,
Nem sempre é pra dizer aluma coisa coisa de início, mas sempre muito é dito até o final. Não importa qual final, pode ser um parágrafo, uma frase, uma única palavra que pode dizer tudo, ou nada, a quem lê o que escrevo.

Quando escrevemos, o texto ganha vida e sentido próprio e se apresenta a outras pessoas, da maneira que lhes convém; cada um considera aquele texto relevante ou irrelevante segundo a identificação com o que está escrito, conforme o sentido que lhes tem.

É um prazer poder escrever, e gratificante conseguir tangibilizar em palavras meus pensamentos, e até alguns sentimentos.
Não tenho lá muita aptidão para coisas técnicas e teóricas, aí então, faço o uso de metáforas e faço-me entender assim.
Não concordo eternamente com as coisas que escrevo, mas aprendi a guardar tudo pois aquela maneira era minha verdade e opinião naquele momento.
Não sei dizer se existem técnicas que verdadeiramente te façam escrever bem, mas é certo que existem milhares de formas de se fazer entender, e uma delas é seguir um padrão, ou o padrão de quem vai te julgar (como acontece no vestibular).

Nestes anos de muita escrita eu por vezes busquei um padrão, um estilo literário, uma concepção artística, mas quer saber? Quem rotula assim nossas obras são os críticos, e não nós mesmos. Pessoas só se interessam em dizer "como" ou "o quê" são, quando querem se fazer entender, ou serem entendidas (não, não é mesma coisa).

Fico feliz em ter por perto pessoas que valorizam a leitura e a escrita, como eu. Amor não tão declarado aos quatro ventos, mas cuidadosamente conservado, à sete chaves.

Agradeço a vocês por isso.



Nota:
Agora estou postando nesse blog aqui também,
http://despertarmagico.blogspot.com/
Entrem, leiam, fiquem a vontade e comentem, é claro!



Obrigada pelos comentários, eu a-d-o-r-o! :)

5 comentários:

Luiz disse...

nemli muitas linhas
não sou bom em ler, mas sei fazer crochê .
brinks

aeueahuioeahuoaeaheoueaae

Filipe disse...

n deixa essa vontade passar nunca!

Daniel Braga disse...

Amor não tão declarado aos quatro ventos, mas cuidadosamente conservado, à sete chaves. [Fato!]

Você conseguiu descrever o que muitos se esforçam pra entender.

-Beijos me procura mais vezes.

Maurício Costa disse...

quase não comentei, só pra contrariar...
mas como ia me valer da piadinha?
hahahaha
bjus

Seawulf the Viking disse...

Poucas pessoas colocam essa vontade em palavras e deixam da mente sair coisas que realmente importam..
Gosto de muitos escritores e mitas coisas escritas mas nem todas tem tanto sentimento como aquelas vindo de um determinado momento de vontade.. Essa vontade que sinto no que vc escreve.. sempre leio seu blog! Mesmo que não comente tanto..
Beijos se cuida..
THor