sexta-feira, 13 de março de 2009

Por que a sua justiça é melhor do que a minha?

Leia e interprete na primeira pessoa, como está; não leia como se fosse sobre mim e mais alguém, leia como se fosse sobre Você e Nós.

Por que a sua justiça é melhor do que a minha?
Por que sua verdade é mais verdadeira do que a minha?
Por que as pessoas se distanciam?

É díficil se colocar no lugar do outro, mas o outro sou eu
É difícil confiar no outro para partilhar o que é pessoal meu, mas eu também sou o outro
É difícil se ver único e ao mesmo tempo se ver igual

Há muito tempo eu não falava de Jesus, mas ele há muito tempo falava
Falava sobre o que estou falando, falava sobre o curso das coisas, ele falava de amor e falava sobre negar a si próprio,
Amando-se e amando-o, porque Jesus sou eu e eu sou Jesus.

E quem é Jesus?
Ele é quem você pensa que ele é...

E eu não sou quem pensam que eu sou,
Eu sou Alma e Espírito, sem Personalidade.
Começo a me abdicar de quem sou, de meus medos, de meus desejos,
Sei que assim encontrei a Paz.

- Leiam "quando Ele voltar", fica a dica. ;)

6 comentários:

Maurício Costa disse...

Hey, quero os créditos por ter indicado o livro...hehehe
Este livro faz mudar-se em si, e tornar-se mais você mesmo.
E tenho dito.
Beijos, flor do meu monte das oliveiras...=]

Daniel Braga disse...

HAhah.. Mauricio.. o que você faz com minha amiga, hein?

Adorei o que escreveu.. realmente é dificil se ver no lugar do outro e igual ao mesmo tempo. Fiz um esforço grotesco pra conseguir e mesmo assim me perdi no caminho, haha.

P.S: Eu também quero ler esse livro.
~Quem me empresta? u.u

Filipe disse...

é difícil... mas se as pessoas o fizessem... muito estaria solucionado :)

Grazi disse...

infelizmente as pessoas nunca se colocam no lugar dos outros...

CULTURA DA AÇÃO disse...

vc ja viu coração de tinta?

Marina Camargo disse...

"Mas o outro sou eu."
Quem dera todo mundo pensasse assim, né?
;**