domingo, 23 de novembro de 2008

Desse mundo paralelo, de coisas tão mundanas, levo a cautela e a consistência com o brilho da alma de criança
Crianças das eras, me vem e me vão, passam, e não ficam, pois não entendem o objetivo maior da minha vida, não-mundana
Todos têm dentro de si anjos e demônios, lobos bons e maus que crescem e se fortalecem conforme as energias com que alimentamo-os
Se não se levar em consideração e respeito o primordial, nunca se chegará a casa 10 da amarelinha, ou ao vulgo céu.
Paraíso eterno, luz e imortalidade; o bem. Pois o bem é puro, constante, e único.

Gisele Boltman
02.11.08

Um comentário:

Damn disse...

Todos têm dentro de si anjos e demônios... fato.
Amei o texto, amiga.